Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Boletim

BOLETIM 1: Seminaristas

20 janeiro 2021
BOLETIM 1: Seminaristas
Queridos amigos,

Aproxima-se um novo ano e todos vemos que não será um ano fácil. Mais uma razão para olharmos com esperança para o que é imutável e que certamente nos pode guiar também em tempos difíceis: o próprio Deus. O próprio Jesus fez essa promessa antes de subir ao Céu: “E vede: estarei sempre convosco até ao fim dos tempos.” (Mt 28,20) Ele mantém esta promessa também hoje, porque onde quer que um padre pronuncie as palavras da consagração sobre o vinho e o pão, o Senhor torna-se realmente presente em Corpo e Sangue.

Esta realidade foi o alimento da vida dum jovem beatificado há poucos meses, no dia 10 de Outubro de 2020, em Assis: Carlo Acutis. Nasceu em Londres, em 1991, e foi criado em Milão, como filho único, no seio duma família abastada. A Primeira Comunhão acendeu um profundo anseio pela Eucaristia no coração deste rapazinho de 7 anos. Todos os dias ele ia à Missa para receber Jesus. “Estar sempre unido a Jesus – é esse o meu projecto de vida”, dizia.

Chamava à Eucaristia “a minha autoestrada para o Céu”. Aos 15 anos, desenvolveu uma forma grave de leucemia e morreu em menos de duas semanas, a 12 de Outubro de 2006. O seu último desejo foi o de ser enterrado em Assis. O seu corpo embalsamado – de jeans, casaco de treino e ténis – repousa na igreja “Santa Maria Maggiore”, o lugar onde São Francisco despiu a roupa distinta que vestia para passar a pertencer inteiramente a Deus.

Tal como outros adolescentes, Carlo tinha fascínio pelo mundo dos computadores. Estudou intensamente algoritmos e Ciências da Computação. Também aqui o seu amor pela Eucaristia esteve no centro. Aos 11 anos criou um site que, entretanto, foi traduzido para 17 línguas e no qual documentou 136 milagres eucarísticos de todos os continentes (www.miracolieucaristici.org).

“Acho que muitas pessoas não têm verdadeira consciência do valor da Santa Missa”, dizia Carlo. Estava convencido: “Quando ficamos muito tempo ao sol, bronzeamo-nos. Mas quando permanecemos diante de Jesus na Eucaristia, tornamo-nos santos.” A sua própria vida foi prova disso. A sua prima Flávia testemunhou que não se lembra de ter visto Carlo triste. “A tristeza é o olhar voltado para si próprio. A alegria é o olhar voltado para
Deus. ”

Queridos amigos, que esta alegria sobrenatural vos acompanhe ao longo do ano inteiro e vos dê forças para oferecer a Deus até as situações dolorosas,
como Carlo o fez com a sua doença, “pelo Papa e pela Igreja”, e especialmente por todos os sacerdotes que nos trazem o Senhor à terra, na Missa. Obrigado também por apoiardes os seminaristas que querem pôr-se ao serviço da Eucaristia.

Desejo-vos, grato, um abençoado Ano Novo,
P. Martin Maria Barta
Assistente Espiritual

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais