PORTUGAL: Fundação AIS lança grande campanha para “salvar vidas em África”, lembrando os cristãos perseguidos

PORTUGAL: Fundação AIS lança grande campanha para “salvar vidas em África”, lembrando os cristãos perseguidos

NOTÍCIAS

PORTUGAL: Fundação AIS lança grande campanha para “salvar vidas em África”, lembrando os cristãos perseguidos

Segunda-feira · 22 Março, 2021

É uma grande campanha de sensibilização para a situação dramática que se vive em África, um continente mergulhado em conflitos, pobreza profunda e devastado também por graves problemas ao nível da saúde, nomeadamente por causa da pandemia do coronavírus.

Com esta iniciativa, que tem o apoio oficial da Rádio Renascença, procura-se, “acima de tudo, mobilizar os portugueses para a urgência do apoio humanitário para muitas comunidades que estão numa situação muito precária, vítimas de ataques de grupos armados, e que precisam de ajuda para a própria sobrevivência no dia-a-dia”, explica Catarina Martins de Bettencourt, directora do secretariado nacional da Fundação AIS.

A campanha, que pode ser escutada na rádio católica portuguesa ao longo das próximas semanas, lembra que “há milhares de pessoas em África que têm fome, doenças, que são perseguidas por serem cristãs”. São pessoas que precisam de ajuda material mas também “de orações”. E convoca os portugueses para rezarem “como nos pediu Nossa Senhora”.

PORTUGAL: Fundação AIS lança grande campanha para “salvar vidas em África”, lembrando os cristãos perseguidos
É uma grande campanha de sensibilização para a situação dramática que se vive em África.

Catarina Bettencourt destaca este ponto. “De facto, para nós, fundação pontifícia, a oração e a partilha estão de mãos dadas”, explica a directora da AIS. “São dois dos pilares da nossa organização, assim como a informação. Neste caso concreto, face ao agravamento da situação humanitária em vastas regiões de África, com milhares de pessoas em grande sofrimento, impunha-se não só mobilizar a solidariedade dos portugueses para a ajuda concreta a quem está de mãos vazias, mas também rezar por todas estas famílias, estes homens, mulheres e crianças que precisam de nós.”

Para isso, para que os portugueses se juntem à Fundação AIS nesta campanha por África, para rezarem “como nos pediu Nossa Senhora”, vai ser distribuído um terço feito em madeira de oliveira por cristãos da Terra Santa, que é por si próprio também um símbolo da solidariedade necessária junto das comunidades que mais sofrem, que mais são perseguidas.

Esta Campanha insere-se numa iniciativa mais vasta por África. Nesta Quaresma, a Fundação AIS publicou já um pequeno livro, “Via Sacra África”, escrito por D. Jesús Ruiz Molina, que o Santo Padre nomeou este mês de Março como Bispo de Mbaïki, na República Centro-Africana, e tem reforçado os seus apelos em favor de Cabo Delgado, a região mártir de Moçambique, palco de constantes ataques terroristas desde Outubro de 2017.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

PARTILHAR ESTE ARTIGO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Relatório da Liberdade Religiosa

O relatório da Fundação AIS analisa a situação da liberdade religiosa em 196 países. É um dos quatro relatórios sobre a situação da liberdade religiosa a nível mundial, sendo o único relatório não governamental na Europa que tem em conta a doutrina social católica.

196 PAÍSES

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.