LÍBANO: Cabazes alimentares para 500 famílias carenciadas na Diocese de Baalbek

LÍBANO: Cabazes alimentares para 500 famílias carenciadas na Diocese de Baalbek

PROJECTOS

LÍBANO: Cabazes alimentares para 500 famílias carenciadas na Diocese de Baalbek

O Líbano, conhecido há séculos como a “Suíça do Oriente”, atravessa um colapso económico sem paralelo, com a inflação recorde do ano passado quase rivalizando com a de países como a Venezuela e o Zimbabué.

A moeda perdeu 90% do seu valor, o combustível para os veículos é incomportável para a maioria das pessoas e o fornecimento de electricidade do Estado praticamente entrou em colapso, deixando as pessoas com apenas duas horas de electricidade por dia. O desemprego dos jovens situa-se nos 60% e muitas famílias mal se conseguem alimentar. Mais de três quartos da população vive agora na pobreza. O resultado é que o futuro da população cristã está muito ameaçado, como em todo o Médio Oriente, uma população que aí vive desde o tempo de Jesus Cristo.

LÍBANO: Cabazes alimentares para 500 famílias carenciadas na Diocese de Baalbek

A Diocese Maronita de Baalbek é uma das mais pobres do país. Aí, os Cristãos são uma minoria. Mesmo antes da crise económica, as pessoas eram pobres, com um rendimento médio mensal de apenas 450 dólares. Mas a situação piorou ainda mais desde então e o salário mínimo equivale agora a cerca de 20 dólares por mês. Para as famílias comuns, a renda, a electricidade, a alimentação e os medicamentos são um pesado fardo financeiro, e muitas vezes têm de escolher o que é essencial, por exemplo, reduzindo a alimentação para pagar a renda ou os medicamentos.

LÍBANO: Cabazes alimentares para 500 famílias carenciadas na Diocese de Baalbek
Jovens voluntários da Diocese de Baalbek ajudam a preparar os cabazes alimentares para entregar às famílias

A diocese está a tentar ajudar as famílias mais pobres das paróquias, providenciando cabazes alimentares para as apoiar a superar o pior da sua situação. Daí o apelo da diocese à Fundação AIS: “Unamos forças, para que ninguém tenha de ir para a cama com fome, e para que, na medida do possível, estas pessoas também possam passar por esta crise em segurança e recuperar a sua confiança na humanidade.” A nossa ajuda será também um contributo para a sobrevivência das comunidades cristãs no Líbano, onde os Cristãos vivem desde os tempos bíblicos, mas onde cada vez mais pessoas abandonam a sua pátria, porque não vislumbram aí futuro para si e para as suas famílias.

Propomos ajudar a Diocese de Baalbek a alimentar as 500 famílias mais pobres, por exemplo, aquelas com muitas crianças ou com familiares idosos e doentes, providenciando cabazes de bens essenciais. Trata-se de famílias com pelo menos cinco membros, e estamos a enviar um total de 65.000 €. 

PROJECTOS

Apoiar este projecto

O seu donativo irá ajudar-nos a levar esperança aos Cristãos que mais sofrem em todo o mundo.
Obrigado pela sua generosidade!

Os donativos feitos à Fundação AIS beneficiam de dedução de IRS e IRC nos termos legais.
Poderá deduzir 0,5% à sua declaração de IRS para a Fundação AIS, sem qualquer custo.

Relatório da Liberdade Religiosa

O Líbano continua a ser um país de crises não resolvidas. A preocupação entre os líderes é que o declínio da população cristã está a ameaçar a posição do Líbano como uma sociedade relativamente livre e democrática na região. À medida que estas condições se deterioram, também as perspectivas de pleno gozo do direito fundamental à liberdade de pensamento, consciência e religião se deterioram.

LÍBANO

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.