PROJECTOS

EQUADOR: Apoio à pastoral dos presos na Arquidiocese de Guayaquil

De uma maneira geral, a violência está a aumentar de modo alarmante na América Latina. O Equador ocupa o sexto lugar entre os países mais afectados por este problema. Só nos anos de 2021 e 2022, o número de homicídios aumentou mais de 80%. Na cidade portuária de Guayaquil, com quase três milhões de habitantes, o índice de criminalidade violenta é particularmente elevado. Atinge sobretudo os rapazes entre os 15 e os 27 anos que são recrutados pelos gangues de criminosos para cometerem actos de violência. Muitos destes jovens são contactados quando estão ainda na prisão. Se não virem nenhuma perspectiva de vida dentro da lei, quando saem da prisão podem ser facilmente seduzidos a continuar a sua “carreira” criminosa, mergulhando ainda mais no pântano do crime.

A arquidiocese é muito activa no campo da pastoral das prisões e lançou uma iniciativa chamada “Programa Prisão Alpha”, na esperança de dar aos delinquentes uma perspectiva de futuro e, deste modo, ajudá-los a voltar ao caminho certo.

Padres missionários e voluntários leigos estão empenhados neste programa, ajudando a apoiar e acompanhar tanto os prisioneiros como as suas famílias. É uma missão perigosa e o risco que enfrentam é considerável.

Dado o elevado número de presos – as cinco prisões da diocese têm mais de 12.000 presos – o número de pessoas implicadas na pastoral das prisões é demasiado pequeno. É por isso que a Arquidiocese de Guayaquil quer agora formar mais voluntários leigos. Trabalhar com os detidos envolve acompanhamento, oração, adoração, Missas e administração dos sacramentos, bem como cursos e ateliers no âmbito dos valores cristãos e da fé. Para além disso, há cursos de formação em artesanato que podem não só ajudar os presos a ganhar honestamente a vida depois da sua libertação, mas também dar-lhes um sentimento de autovalorização e dignidade. Deste modo, há cursos de arte e de artesanato, de metalurgia, padaria e carpintaria. E ainda actividades desportivas e participação em coros.

A família dos detidos beneficia igualmente de apoio psicológico e, em muitos casos, de ajuda material.

Queremos apoiar a pastoral das prisões e a formação de mais missionários leigos, com a quantia de 9.900 €.

VAMOS AJUDAR?

PROJECTOS

Apoiar este projecto

O seu donativo irá ajudar-nos a levar esperança aos Cristãos que mais sofrem em todo o mundo.
Obrigado pela sua generosidade!

Os donativos feitos à Fundação AIS beneficiam de dedução de IRS e IRC nos termos legais.
Poderá deduzir 0,5% à sua declaração de IRS para a Fundação AIS, sem qualquer custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.