BURQUINA FASO: Igreja sem notícias da religiosa norte-americana, de 83 anos, sequestrada há cerca de uma semana

BURQUINA FASO: Igreja sem notícias da religiosa norte-americana, de 83 anos, sequestrada há cerca de uma semana

NOTÍCIAS

BURQUINA FASO: Igreja sem notícias da religiosa norte-americana, de 83 anos, sequestrada há cerca de uma semana

Quinta-feira · 14 Abril, 2022

A Igreja do Burquina Faso continua ainda sem qualquer informação sobre o paradeiro de Suellen Tennyson, uma irmã norte-americana de 83 anos de idade, sequestrada na madrugada de terça-feira, 5 de Abril, no norte do país.

A religiosa, que pertence à Congregação das Irmãs Marianitas de Santa Cruz, estava em casa, na paróquia de Yalgo, juntamente com a sua comunidade, quando homens armados invadiram as instalações e “arrastaram” a religiosa dali para fora, segundo o Bispo de Kaya, deixando ainda um rasto de destruição assinalável.

“Antes de deixarem o local – disse D. Théophile Naré –, os assaltantes destruíram os quartos e danificaram o veículo da comunidade.”

A religiosa estava em missão no Burquina Faso desde 2014. O ataque à comunidade de Yalgo é mais um sinal da violência crescente contra os cristãos neste país africano.

BURQUINA FASO: Igreja sem notícias da religiosa norte-americana, de 83 anos, sequestrada há cerca de uma semana
A Igreja do Burquina Faso continua ainda sem qualquer informação sobre o paradeiro de Suellen Tennyson.

Em Fevereiro deste ano, por exemplo, jihadistas atacaram o Seminário Menor de Bougui na Diocese de Fada N’Gourma, tendo ameaçado que regressariam e que matariam todos os estudantes e professores que encontrassem por lá. Em Junho do ano passado, os cristãos pediram orações pelas vítimas de um ataque armado que deixou pelo menos 138 mortos na aldeia de Solham, no norte do país. Meses antes, em Janeiro, houve o rapto de um sacerdote, o Padre Rodrigue Sanon, cujo corpo seria encontrado, já se vida ao fim de dois dias.

A ameaça terrorista é, de facto, cada vez mais constante. Em Junho de 2020, Rafael D’Aqui, responsável de projectos da Fundação AIS, afirmava que os grupos jihadistas estavam a transferir do Médio Oriente para a região do Sahel o plano para a edificação de um Califado Islâmico. “E o seu objetivo – dizia – é eliminar todos os vestígios do Ocidente na região, isto é, a educação, a liberdade religiosa e assim por diante…”

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

PARTILHAR ESTE ARTIGO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Relatório da Liberdade Religiosa

O relatório da Fundação AIS analisa a situação da liberdade religiosa em 196 países. É um dos quatro relatórios sobre a situação da liberdade religiosa a nível mundial, sendo o único relatório não governamental na Europa que tem em conta a doutrina social católica.

196 PAÍSES

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.