NÍGER: População em fuga depois de ataque violento por jihadistas na região de Tillabéri

NÍGER: População em fuga depois de ataque violento por jihadistas na região de Tillabéri

NOTÍCIAS

NÍGER: População em fuga depois de ataque violento por jihadistas na região de Tillabéri

Sexta-feira · 2 Julho, 2021
Ataque jihadista nas últimas horas a Fantio e Dolbel, duas cidades da região de Tillabéri, situadas no sudoeste do Níger, provocou a fuga das populações locais. Sobreviventes do ataque fugiram para a região de Dori, situada no Burquina Faso. Trata-se de um grupo de mulheres com crianças pequenas e bebés. Segundo testemunhas, os terroristas atacaram por duas vezes, matando os homens.

Ambas as cidades estão como que abandonadas, após a fuga das populações. A Fundação AIS tem a informação de que em Fantio, os jihadistas atacaram e queimaram a igreja, destruindo antes e queimando também a estátua da Virgem Maria, livros litúrgicos e instrumentos musicais. O Santíssimo Sacramento foi profanado. Os sobreviventes dos ataques fugiram para Niamey, procurando refúgio na região de Téra ou cruzam a fronteira para a Diocese de Dori, no Burquina Faso. Por causa deste ataque, esta é a terceira paróquia abandonada nesta região em consequência dos ataques terroristas e de incursões de grupos extremistas no Níger.

Já em Maio, a região de Tillabéri tinha sido palco de ataque terrorista, nomeadamente em Fantio. Homens armados que se faziam transportar em motocicletas, atacaram a cidade e causaram pelo menos cinco mortos.
NÍGER: População em fuga depois de ataque violento por jihadistas na região de Tillabéri
Ambas as cidades estão como que abandonadas, após a fuga das populações.

De facto, desde 2015 que o Níger e o Burquina Faso estão na mira de grupos extremistas islâmicos. O último Relatório sobre a Liberdade Religiosa da Fundação AIS dá conta de que estes dois países tornaram-se mesmo numa das principais áreas de operação do jihadismo militante em África. Consequência disso, o número de deslocados internos no Burquina Faso, por exemplo, é de cerca de um milhão de pessoas.

A Fundação AIS apoia a Igreja Católica nestes países mais atingidos pelo terror jihadista em África, não só na assistência às populações traumatizadas pela violência mas também no apoio às estruturas da Igreja e á sobrevivência do próprio clero.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

PARTILHAR ESTE ARTIGO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Relatório da Liberdade Religiosa

O relatório da Fundação AIS analisa a situação da liberdade religiosa em 196 países. É um dos quatro relatórios sobre a situação da liberdade religiosa a nível mundial, sendo o único relatório não governamental na Europa que tem em conta a doutrina social católica.

196 PAÍSES

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.