RedWeek 2021

Todos os anos, em sintonia com os outros secretariados da instituição em todo o mundo, a Fundação AIS faz iluminar de vermelho alguns monumentos mais significativos como forma de procurar chamar a atenção da opinião pública para o drama da perseguição contra os cristãos e a necessidade de se garantir a liberdade religiosa.

Centenas de catedrais, igrejas, capelas, monumentos e edifícios públicos de relevo são iluminados com a cor que procura lembrar o sangue dos mártires e que este ano tem também como objectivo chamar a atenção para o drama dos deslocados e refugiados.

Em Portugal, diversas paróquias já se associaram este ano a esta iniciativa, nomeadamente Ramada, em Odivelas e Campo Grande em Lisboa. Em Braga, além das Paróquias de São Vítor, São Lázaro, Senhora-a-Branca e a Basílica dos Congregados, também será iluminado de vermelho o Santuário de São Bento de Porta Aberta. O mesmo vai acontecer – tal como em anos anteriores – com o Monumento ao Cristo Rei, em Almada.

Os Cristãos são o grupo religioso que mais sofre por causa da perseguição religiosa e o mundo não presta atenção.

Não fique indiferente à perseguição religiosa!
Participe na #RedWeek de 17 a 24 de Novembro.

Durante uma semana somos desafiados a ter presente esta intenção dos Cristãos perseguidos. Pode rezar por eles, organizar uma vigília de oração ou falar deste tema no grupo de catequese. Peça ao seu pároco para iluminar de vermelho a fachada da igreja na noite de 24 de Novembro. Às vezes basta um gesto simples, como vestir uma peça de roupa vermelha ou acender uma vela. Há muita formas de colaborar na #RedWeek O mais importante é participar!

 

Lista das paróquias que já se associaram:

LOCAL/PARÓQUIA CIDADE ACÇÃO DATA
SANTUÁRIO DE CRISTO REI ALMADA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
SANTUÁRIO DE SÃO BENTO DA PORTA ABERTA BRAGA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
PARÓQUIA DE SÃO LÁZARO BRAGA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
PARÓQUIA DA RAMADA LISBOA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
BASÍLICA DOS CONGREGADOS BRAGA Ilumina de vermelho 23 de Novembro
PARÓQUIA SENHORA-A-BRANCA BRAGA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
PARÓQUIA SÃO VÍTOR BRAGA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
PARÓQUIA DE CAMPO GRANDE LISBOA Iluminação interior e oração Fim de semana e dia 24 de Novembro
PARÓQUIA DA FALAGUEIRA LISBOA Dinamização da catequese e oração Fim de semana de 20 e 21 de Novembro
PARÓQUIA DE MIRA COIMBRA Ilumina de vermelho 24 de Novembro
PARÓQUIA DA CONCEIÇÃO PORTO Dinamização da catequese e oração na Missa Fim de semana e dia 24 de Novembro
CENTRO COMUNITÁRIO PAROQUIAL FAMÕES Sensibilização dos utentes Dia 24 de Novembro
PARÓQUIA DE ALGÉS/MIRAFLORES LISBOA Vigília de Oração Dia 24 de Novembro
PARÓQUIA GAFANHA DA ENCARNAÇÃO AVEIRO Dinamização da catequese, escuteiros, oração, iluminação de vermelho Dia 24 de Novembro
PARÓQUIA GAFANHA DO CARMO AVEIRO Dinamização da catequese, escuteiros, oração, iluminação de vermelho Dia 24 de Novembro
PARÓQUIA COSTA NOVA DO PRADO AVEIRO Dinamização da catequese, escuteiros, oração, iluminação de vermelho Dia 24 de Novembro

 

Se precisar de inspiração ou ajuda, por favor, fale connosco:
info@fundacao-ais.pt | Tel. 217544000 | Tlm. 912154168 @FundacaoAIS

Mais recentes

R.C. AFRICANA: “Sereno e tranquilo”, descreveu D. Aurélio Gazzera sobre a sua ordenação como Bispo coadjutor de Bangassou

A Fundação AIS e a Igreja local apelam à oração para que a paz seja restabelecida na região. Os disparos diários de mísseis no sul do Líbano estão a mergulhar os habitantes numa pobreza ainda maior do que a que já estavam a sofrer devido à terrível crise financeira de 2019. A Igreja está ao lado da população, prestando ajuda prática às suas necessidades e dando um comovente testemunho de coragem.

LÍBANO:“Estamos em estado de guerra”, alerta, em declarações à Fundação AIS, o Arcebispo maronita de Tiro

A Fundação AIS e a Igreja local apelam à oração para que a paz seja restabelecida na região. Os disparos diários de mísseis no sul do Líbano estão a mergulhar os habitantes numa pobreza ainda maior do que a que já estavam a sofrer devido à terrível crise financeira de 2019. A Igreja está ao lado da população, prestando ajuda prática às suas necessidades e dando um comovente testemunho de coragem.

PORTUGAL: Fundação AIS obteve, no ano passado, 143,7 milhões de euros em doações para os cristãos que sofrem em 138 países

A Fundação AIS apresentou, a nível internacional, as suas contas relativas ao ano de 2023 que reflectem, uma vez mais, a enorme generosidade dos benfeitores da instituição em todo o mundo. Ucrânia, Síria e Líbano foram os países que receberam mais ajuda. África foi o continente que recebeu mais apoio. Em Portugal, o valor angariado foi de 3 milhões e 691 mil euros.

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2024 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.