CAMPANHAS

Uma Missa pelos seus Entes Queridos

A cada 18 segundos, no ano passado, um sacerdote celebrou uma Santa Missa algures no mundo, de acordo com as intenções dos nossos benfeitores. Foram 1.782.097 vezes que foi colocada uma intenção pessoal sobre a patena, no Santo Sacrifício da Missa: a salvação de um defunto, a cura de um doente, a dor dos pais e avós por um filho ou neto descrente, em Acção de Graças por um aniversário… tudo isso foi trazido diante de Deus.

NOVEMBRO. MÊS DAS ALMAS.

Não há nada mais precioso do que mandar celebrar uma Santa Missa e, muitas vezes, é a única coisa que se pode fazer por um ente querido ou por uma Alma do Purgatório que não tenha quem reze por ela. Compartilhamos o dom maior, a Eucaristia, o próprio Cristo. O Estipêndio de Missa que o sacerdote recebe não é um “pagamento”, mas um sinal de gratidão e de união íntima com o sacrifício de Cristo.

Para os sacerdotes nos países mais pobres, os Estipêndios de Missa são vitais. Sem eles, seria incomportável adquirir produtos de higiene, sapatos… e muitas vezes até comida.

Ao mesmo tempo que a Missa é celebrada pela intenção do benfeitor, possibilita que os sacerdotes realizem o seu trabalho pastoral e ajudem a população.
A cada 18 segundos, no ano passado, um sacerdote celebrou uma Santa Missa algures no mundo, de acordo com as intenções dos nossos benfeitores.

CAMPANHAS

PEÇA A CELEBRAÇÃO DE MISSAS. ELES REZARÃO POR SI:

[wc_woo_donation id="5718"]
ESTIPÊNDIOS DE MISSA – UMA AJUDA NO TSUNAMI DAS NECESSIDADES

Por exemplo, a pandemia atingiu a Índia desprevenida e com toda a força. “Todos os dias recebemos notícias da morte de amigos e parentes”, lemos em cartas de todas as regiões da Índia. “Não sabemos quem será o próximo.”


Homenagem triste: até 15 de Junho, morreram pelo menos 520 padres e religiosos, na índia, devido à Covid-19.

É sobretudo nas regiões rurais, de pobreza extrema, onde ninguém mais se preocupa com a população, que a Igreja é a única esperança. Durante esta dura luta contra a pandemia, os padres e religiosos têm apoiado quem mais sofre, mesmo pondo em risco a própria vida. Isolar-se seria contra a sua vocação.

Nestas regiões, os padres vão pessoalmente para junto das pessoas para lhes dar consolo e ajuda. Muitas vezes, deparam-se de mãos vazias, com um imenso tsunami de necessidades. Com a ajuda de milhares de benfeitores fizemos chegar imediatamente apoio para quase 100 dioceses na Índia, com mais de 5.000 padres necessitados, através de Estipêndios de Missa num total de de mais de 1,7 milhões de euros.


O Arcebispo de Deli, D. Anil Couto, agradece a cada um dos benfeitores da AIS:

“A vossa solicitude e o vosso amor dão-nos força para seguirmos em frente e sermos testemunhas da Boa Nova de Nosso Senhor Jesus Cristo. Peço que continuem a ajudar-nos!”

PARTILHAR ESTE ARTIGO

CAMPANHAS

Apoiar esta campanha

O seu donativo irá ajudar-nos a levar esperança aos Cristãos que mais sofrem em todo o mundo.
Obrigado pela sua generosidade!

Os donativos feitos à Fundação AIS beneficiam de dedução de IRS e IRC nos termos legais.
Poderá deduzir 0,5% à sua declaração de IRS para a Fundação AIS, sem qualquer custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.