LÍBANO: Apoio para os cuidados e necessidades médicas de 26 religiosas frágeis e idosas

PROJECTOS

LÍBANO: Apoio para os cuidados e necessidades médicas de 26 religiosas frágeis e idosas

A continuada grave crise económica e política no Líbano está a causar um grande sofrimento ao seu povo. Segundo dados da ONU, mais de 55% da população libanesa vive hoje na pobreza – quase o dobro do ano anterior. Em menos de um ano, a moeda libanesa perdeu mais de 80% do seu valor e, em muitos casos, os preços dos bens essenciais quadruplicaram. 

As irmãs religiosas no país sofreram tanto como a restante população. A piorar ainda mais a situação está a pandemia que deixou muitas comunidades religiosas sem as suas fontes de rendimento habituais. Entre elas estão as Irmãs Católicas Melquitas de São João Baptista. 

Uma preocupação particular da congregação é o cuidado de 26 das suas irmãs idosas e frágeis, que dedicaram a vida durante décadas a servir a Deus e aos seus concidadãos, e agora se encontram dependentes dos cuidados de outros. Para cuidar das suas necessidades, a Casa Mãe da congregação, o convento de Nossa Senhora da Anunciação, foi transformado num lar de idosos, onde estas irmãs idosas podem agora receber apoio e cuidados continuados.

LÍBANO: Apoio para os cuidados e necessidades médicas de 26 religiosas frágeis e idosas
LÍBANO: Apoio para os cuidados e necessidades médicas de 26 religiosas frágeis e idosas

Mas o custo dos seus cuidados médicos, as ajudas à mobilidade, como cadeiras de rodas, camas hospitalares especiais e tudo o que é necessário para os seus cuidados, estão simplesmente para além dos recursos da congregação. Assim, as irmãs recorreram à AIS, confiantes no nosso apoio, e nós propomos ajudar com 30.000 €.

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.