INDIA | AJUDA À COVID-19

CAMPANHAS

INDIA | AJUDA À COVID-19

A situação na Índia é dramática!

Religiosa de Calcutá descreve “crise terrível” por causa da Covid-19 e diz que já há anúncios para adopção de crianças órfãs

“Estamos a enfrentar uma crise terrível, algo que nunca vi nem experimentei na minha vida”, diz a Irmã Christin Joseph numa mensagem enviada para a Fundação AIS desde a Índia.

Veja o vídeo com a mensagem na íntegra
INDIA | AJUDA À COVID-19
A situação na Índia é dramática!

A religiosa fala das consequências da segunda vaga da pandemia do coronavírus que está a atingir este país de forma brutal. “É um simples e triste colapso de todo o sistema, especialmente do sistema nacional de saúde”, descreve a irmã desde o Convento de Santa Cruz, na cidade de Calcutá. “A cada dia chegam notícias de morte de sacerdotes, irmãs, leigos, colaboradores, amigos e animadores de pequenas comunidades. O sentimento de pânico entre as pessoas na Índia é muito palpável…”

A Irmã Christin decidiu partilhar através da Fundação AIS o sentimento de impotência que por estes dias atravessa todo este grande país asiático. Os números da pandemia são uma tragédia. No início do mês de Maio já se haviam contabilizado mais de 20 milhões de infecções e mais de 220 mil mortos. E não há sinais de abrandamento.

Todos os dias fala em situações de desespero nos hospitais, sem capacidade para acolher todos os doentes. “Pessoas desesperadas fazem fila nas urgências dos hospitais por uma cama ou oxigénio” partilha a religiosa, revelando já a existência de pedidos de adopção para crianças que perderam os pais na pandemia. Fala numa situação muito triste. “Os anúncios nas redes sociais sobre a adopção de crianças órfãs devido à pandemia são de partir o coração. É uma situação muito, muito triste.”

A Igreja Católica está mobilizada para tentar acudir às situações mais difíceis, procurando congregar esforços, lançando campanhas de ajuda, nomeadamente ao nível alimentar.
“As nossas dioceses e congregações religiosas estão a unir-se, como grupo de trabalho para estar ao lado das pessoas, ajudando as nossas instituições com recursos e cuidados médicos para os pacientes Covid. Estamos a preparar também um serviço de aconselhamento ‘online’, grátis, 24 horas por dia, para ensinar a lidar com o pânico. Também procuramos alimentar as pessoas que têm falta de alimentos. Em alguns lugares organizamos serviços de ambulâncias para poder transportar os doentes para os centros Covid-19.”

Perante a dimensão da tragédia, a Irmã Christin pede as orações do mundo. Pede as orações de todos através da Fundação AIS.

“O Senhor é o único que nos pode ajudar… Neste momento, qualquer coisa que se faça é pouco e não se chega a nenhum lado porque as necessidades, a dor e o sofrimento são muito grandes. Por isso, meus queridos amigos da AIS, quero pedir humildemente as vossas orações, para que Deus nos ajude a encontrar o caminho e a força, nos protega e ao nosso povo que está a sofrer esta pandemia. Vocês sempre nos apoiaram na nossa dor, nas nossas necessidades, nas nossas lutas… Hoje precisamos das vossas orações.”

De um dia para o outro, milhões de trabalhadores ficaram sem emprego quando o Governo indiano anunciou o confinamento devido ao coronavírus, provocando um êxodo em massa das cidades. A Irmã Christin Joseph acrescentou: “Há um fluxo interminável de dezenas de milhares de pessoas a tentar regressar a pé às suas aldeias de origem, algumas das quais a mais de 1000 km de distância, levando consigo os filhos e os pertences. Todos os transportes foram interrompidos, excepto os serviços essenciais, uma vez que as autoridades lutam para controlar o vírus”.

A Irmã Christin afirmou que em estados como Jharkhand, Odisha, Bengala Ocidental, Bihar e Uttar Pradesh, os trabalhadores regressavam a casa caminhando sob temperaturas entre 39 e 40°C, estando os cafés onde costumavam parar para uma bebida fechados devido ao bloqueio.

Mas em toda a Índia existem cerca de 85 mil Pequenas Comunidades Cristãs – que organizam estudos bíblicos, encontros de oração, e outras formas de divulgação para ajudar a fortalecer e aprofundar a fé do povo – e muitas destas têm enfrentado o desafio dos trabalhadores que regressam.

“Muitas das nossas Pequenas Comunidades Cristãs estão a responder a esta situação com milhares de iniciativas simples. Embora ainda cumpram as medidas impostas, por exemplo em Bangalore, Chandigarh, Calcutá e Poona, estão a procurar os necessitados e a dar-lhes comida. Estão a ajudar toda a gente – católicos, protestantes, hindus, muçulmanos – sem qualquer tipo de discriminação. Estou extremamente grata à Fundação AIS pela ajuda que nos tem dado ao longo de tantos anos no apoio e sustento das nossas Pequenas Comunidades Cristãs. Tenho a certeza de que os benfeitores da Fundação AIS nunca poderiam imaginar que a sua ajuda seria uma tal fonte de consolo durante a crise do Covid-19. Mas a tragédia é uma tragédia grave.” Irmã Christin Joseph

Diante de tanta tragédia, um exército de heróis continua a prestar assistência material e espiritual às vítimas desta pandemia, tomando as medidas de segurança possíveis. Centenas de sacerdotes, religiosas e leigos na Índia arriscam as suas vidas para semear esperança nos momentos mais críticos. Eles são portadores do Amor de Cristo.

Eles acompanham, consolam, rezam, distribuem alimentos, roupas e frequentam os centros de quarentena em que se transformaram muitas escolas administradas pela Igreja Católica.

A IGREJA NA ÍNDIA PRECISA DE SI HOJE MESMO!

“Por favor, não se esqueçam de nós! Que Deus vos abençoe a todos!”

PARTILHAR ESTE ARTIGO

CAMPANHAS

Apoiar esta campanha

O seu donativo irá ajudar-nos a levar esperança aos Cristãos que mais sofrem em todo o mundo.
Obrigado pela sua generosidade!

Os donativos feitos à Fundação AIS beneficiam de dedução de IRS e IRC nos termos legais.
Poderá deduzir 0,5% à sua declaração de IRS para a Fundação AIS, sem qualquer custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

918 125 574

Multibanco

IBAN PT50 0269 0109 0020 0029 1608 8

Papa Francisco

“Convido-vos a todos, juntamente com a Fundação AIS, a fazer, por todo o mundo, uma obra de misericórdia.” 
PAPA FRANCISCO

© 2022 Fundação AIS | Todos os direitos reservados.