Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

REPÚBLICA CHECA: Renovação de uma casa em Teplice para o trabalho dos Padres Salesianos de Don Bosco

Apoiar Projecto
25 abril 2022
REPÚBLICA CHECA: Renovação de uma casa em Teplice para o trabalho dos Padres Salesianos de Don Bosco
A região de Ustí, no norte da Boémia, é "um deserto no mapa religioso", como a definiram membros da Igreja local. De facto, a República Checa no seu conjunto é um país profundamente ateu. Na região de Ustí apenas 5% da população se descreve como pertencente a uma denominação cristã. Existem razões históricas para isso, uma vez que, após a Segunda Guerra Mundial, os alemães étnicos que viviam na zona foram todos expulsos e substituídos por pessoas que ali se instalaram de várias outras regiões, mas que sob o domínio comunista prevalecente não podiam desenvolver novas tradições religiosas, para que não fosse possível que a fé estabelecesse raízes.

Os Padres Salesianos estão presentes na região, na cidade de Teplice, desde 1990. Eles administram três paróquias na própria cidade e outras quatro nas aldeias circundantes, e certamente não têm mãos a medir. Há também todo o tipo de problemas sociais na região, o desemprego é elevado, tal como o crime, especialmente entre os jovens, e as pessoas são em média mais pobres e menos educadas do que noutras regiões do país.

Os Salesianos criaram, por conseguinte, um centro de trabalho com crianças e jovens, sobretudo os que são oriundos das famílias mais desfavorecidas socialmente. Eles não só se dedicam à educação religiosa, mas também organizam acampamentos de Verão e iniciativas de fim-de-semana, com base na fé. O centro também se destina aos adultos, oferecendo uma variedade de cursos sobre a fé, seminários para casais, encontros ecuménicos e muito mais.

Ao mesmo tempo, os Salesianos estão activos no ministério prisional e visitam também os doentes e idosos nos hospitais e lares, com uma especial ajuda às famílias de etnia cigana.

O centro que eles administram é conhecido como "casa viva" ou "casa animada". Aí, antes da pandemia ter chegado, conseguiram ir ao encontro de cerca de 1500 crianças, 400 adolescentes e 500 adultos por ano. Têm 30 colaboradores e 200 voluntários a apoiar os seis padres no seu trabalho.



No entanto, o edifício que actualmente utilizam é apenas alugado. A longo prazo, uma casa própria oferecer-lhes-ia uma maior segurança para o planeamento futuro. Na verdade, eles já adquiriram esta casa, mas antes terá de ser totalmente renovada. Propomos ajudar com 30.000 €, porque já sabemos quão importante é o trabalho dos Padres Salesianos nesta área difícil e os frutos maravilhosos que traz. Vai ajudar-nos?

Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais