Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

PAQUISTÃO: Coronavírus - ajuda de emergência para padres, catequistas e famílias mais necessitadas

Apoiar Projecto
14 fevereiro 2022
PAQUISTÃO: Coronavírus - ajuda de emergência para padres, catequistas e famílias mais necessitadas
A Rep. Islâmica do Paquistão foi severamente atingida pela pandemia do coronavírus - sobretudo do ponto de vista económico. E as consequências foram particularmente duras para a minoria cristã no país. Mesmo em tempos normais, os Cristãos são gravemente prejudicados e discriminados. Pertencendo na sua maioria aos sectores mais pobres da sociedade, quase não lhes é dada a oportunidade de se erguerem ainda mais na sociedade. A maioria deles trabalha como jornaleiros, empregados domésticos ou noutros trabalhos braçais, como a limpeza de esgotos. Mesmo antes da pandemia, eles já viviam apenas com o necessário para sobreviver. Mas agora muitos estão desempregados e muitos dos seus filhos foram forçados a abandonar a escola porque os pais já não podem pagar as propinas escolares. Agora, a inflação elevada e o rápido aumento dos preços mergulharam muitas famílias ainda mais na pobreza. No entanto, as organizações de ajuda locais normalmente só ajudam os muçulmanos, e mesmo as organizações de ajuda estatal excluem frequentemente os cristãos e outras minorias.

De facto, a própria Igreja Católica também tem sido muito duramente atingida pelas consequências económicas da pandemia. Durante muito tempo, as igrejas foram encerradas pelo confinamento e a Santa Missa só estava disponível para aqueles que podiam seguir em livestream. Os peditórios dominicais acabaram e os padres e catequistas não puderam, na sua maioria, sequer visitar as famílias católicas locais. Mas apesar de todas estas dificuldades, a fé do povo permaneceu forte e houve maravilhosos sinais de esperança. Um exemplo foi o que aconteceu na aldeia de Pansara, na Diocese de Faisalabad. No auge do pânico, no Verão de 2020, o Pe. Emmanuel Parvez subiu ao telhado da Igreja de São Paulo com uma pequena réplica da estátua do Menino Jesus de Praga e abençoou toda a paróquia com ela. E, maravilha das maravilhas, as infecções cessaram. Até hoje, não houve novas infecções Covid-19 na sua aldeia, nem mortes. O Pe. Emmanuel, de 70 anos, conta: "Após a bênção, todos notaram uma grande mudança. Os cristãos, e mesmo os muçulmanos, vieram agradecer ao Menino Jesus". Agora, todas as sextas-feiras cerca de uma centena de fiéis católicos reúnem-se para confiar as suas necessidades e cuidados ao Menino Jesus, que tantas vezes tem demonstrado a Sua maravilhosa ajuda.

Entretanto, a situação no Paquistão melhorou em termos gerais. Mas as necessidades mantêm-se. Portanto, queremos poder ajudar os 40 padres, 55 catequistas e as famílias mais necessitadas da Diocese de Islamabad-Rawalpindi com uma contribuição de 30.000 €. Além disso, estamos também a ajudar 1.600 famílias cristãs carenciadas na província de Punjab com um total de 30.000 € para aliviar as necessidades mais urgentes.


Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais