Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

CUBA: Ajuda para a formação de 17 futuros padres no seminário de Santiago de Cuba

Apoiar Projecto
18 outubro 2021
CUBA: Ajuda para a formação de 17 futuros padres no seminário de Santiago de Cuba
Quando o Papa São João Paulo II visitou Cuba, em Janeiro de 1998, dirigiu-se aos jovens, dizendo-lhes: "Cristo está a caminhar pela vossa vida e a dizer-vos 'sigam-me'. Não se fechem ao Seu amor. Não passem simplesmente para o outro lado. Aceitem a Sua palavra. Todos receberam uma chamada d’Ele, e Ele conhece cada um de vocês pelo vosso nome." Os 17 jovens que estão actualmente em formação no seminário da Arquidiocese de Santiago de Cuba não eram mais do que crianças na altura. No entanto, essa foi exactamente a sua própria experiência: Jesus chamou-os pelo seu nome e eles seguiram o seu chamamento. E isto apesar de a fé católica em Cuba ainda sofrer a opressão após quase meio século de domínio comunista. Embora, em teoria, a maioria dos Cubanos serem católicos baptizados, apenas cerca de 2% frequentam regularmente a Santa Missa. Há uma piedade popular generalizada entre o povo, e Nossa Senhora da Caridade de El Cobre, o santuário nacional cubano, é amada por quase todos os Cubanos, mas no campo da evangelização ainda há muito a fazer.

"Precisamos de padres para ministrar um povo que está ferido na alma", diz o Pe. Martín Chevarría Vaca, reitor do seminário de Santiago. "O objectivo do nosso seminário é a evangelização do povo Cubano através da formação de padres cubanos nativos. O facto de se terem apresentado ainda mais jovens do que no ano anterior é uma fonte de grande alegria para a nossa Igreja, que nunca deixa de rezar por vocações."

No entanto, formar futuros padres tem os seus custos. Alimentação, água, electricidade, materiais pedagógicos, cuidados médicos, vestuário e os salários da equipa académica – tudo isso tem de ser pago. E os preços estão a subir cada vez mais num país que, há anos, está preso a uma profunda crise económica. Além disso, durante o período da pandemia, houve custos adicionais para as medidas de segurança e equipamentos de protecção.


A Igreja em Cuba é pobre. Por isso, apoiamos a formação destes 17 futuros padres com uma contribuição de 8500 €. Porque nenhuma vocação se deve perder por falta de dinheiro.

 

Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais