Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Histórias de Sucesso

SRI LANKA: Cursos de formação contínua para padres, religiosas e leigos que trabalham na pastoral dos traumatizados 

Apoiar Projecto
8 março 2021
SRI LANKA: Cursos de formação contínua para padres, religiosas e leigos que trabalham na pastoral dos traumatizados 
A manhã de Domingo de Páscoa de 2019 permanecerá para sempre um dia de memória assustadora. Nesse dia, uma série de bombas suicidas foram detonadas em três igrejas cristãs e três hotéis locais na capital Colombo e noutros lugares. Cerca de 300 pessoas perderam a vida e mais de 5.000 sofreram, em alguns casos, ferimentos que mudaram as suas vidas.

A Arquidiocese Católica de Colombo interveio imediatamente para ajudar os feridos e os seus familiares, cuidando dos ferimentos, enterrando os mortos e fornecendo todo o tipo de ajuda de emergência. No entanto, as feridas psicológicas podem muitas vezes ir muito mais fundo, e muitas permanecem até hoje. E ainda há o medo persistente de que uma atrocidade semelhante possa novamente acontecer a qualquer momento. 

Os sacerdotes estavam muitas vezes na linha da frente deste trabalho e tiveram de lidar com uma ladainha quase infinita de necessidade e sofrimento incomensurável. "No nosso país, um padre não é apenas um conselheiro espiritual, mas também uma pessoa a quem recorrer em todo o tipo de necessidades sociais. O nosso povo obedece aos seus líderes religiosos e respeita-os mais do que à liderança política. E por isso temos de formá-los para fazer face a esse papel", diz o Pe. Jude Chrysantha Fernando, responsável pela área da comunicação social da Arquidiocese de Colombo. 

Ao mesmo tempo, muitos dos padres ficaram traumatizados. Profundamente chocados e desencorajados, eles sofreram juntamente com o seu povo sofredor. De qualquer forma, muitos estavam exaustos depois de trabalhar dia e noite durante semanas sem descanso adequado. Um problema que surgiu foi a falta de leigos competentes e bem formados, capazes de aliviar parcialmente os sacerdotes deste peso. Para fazer face a esta necessidade, a Arquidiocese de Colombo estabeleceu agora um programa de formação para os padres, religiosos e leigos, visando equipá-los para lidarem adequadamente com situações difíceis semelhantes e para prestarem uma ajuda eficaz.

Graças ao apoio financeiro da AIS, os sacerdotes, religiosos e trabalhadores pastorais leigos da arquidiocese puderam agora participar numa série de seminários, dirigidos por psicólogos, padres experientes e outros especialistas. Aprenderam a ajudar as pessoas em situações traumáticas, apoiando-as e reconfortando-as, e também como lidar com conflitos. Eles agora sentem um novo e mais forte sentimento de auto-confiança e uma maior capacidade de, no futuro, responder adequadamente a situações idênticas. Os participantes também aprenderam como evitar eles próprios tornarem-se vítimas de trauma neste tipo de situações. O programa foi possível graças a uma contribuição da AIS, de 4.900 €. Os nossos sinceros agradecimentos a todos os nossos benfeitores que ajudaram! 

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Consignação Fiscal

Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais