Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Campanhas

SÍRIA: Uma Gota e Leite para as crianças de Alepo

Apoiar Campanha
1 julho 2021

Os combates terminaram em Alepo, mas a população continua sitiada em bairros completamente destruídos onde falta quase tudo: alimentos, combustível, roupa, electricidade, distribuição de água… e de leite essencial para as crianças. 

A situação da cidade continua dramática. São cada vez mais as famílias que precisam de ajuda alimentar para conseguir sobreviver e não têm sequer forma de comprar leite para as suas crianças. A nossa ajuda continua a ser fundamental.

A Síria está em guerra há 10 anos. A data foi assinalada no passado dia 15 de Março. Desde 2011 que os Sírios vivem num país massacrado pela morte, destruição e pobreza. Nesta década de provação, a Fundação AIS tem procurado ajudar a minimizar o sofrimento da comunidade cristã. E entre todos os projectos solidários da Ajuda à Igreja que Sofre, há um que se destaca: a campanha “Uma Gota de Leite” para as crianças da Síria.

Há muita fome na Síria! A falta de pão é sinal deste precipício à beira do qual o país se encontra. “Começa a faltar o pão. Há muita gente que sobrevivia porque o Governo tabelou o preço muito baixo para que todos pudessem ao menos comer pão. O preço continua baixo, relativamente baixo, mas o pior é que começa a não haver para todos. É preciso esperar quatro dias para se ter um saco com oito pães achatados. Ora, uma família numerosa não pode subsistir assim”, explica-nos uma religiosa, em mensagem enviada para a AIS em Lisboa.

Neste cenário tão difícil, a que se junta também o racionamento de combustíveis ou as falhas sistemáticas no fornecimento de electricidade, ganha relevo o trabalho humanitário que algumas instituições têm vindo a realizar junto das populações mais vulneráveis. É o caso da campanha “Uma Gota de Leite”, que a Fundação AIS promove desde 2015 em Homs e desde 2017 em Alepo.

Na cidade de Alepo, considerada mártir pela violência dos combates que reduziram a escombros quase bairros inteiros, a Fundação AIS lançou esta campanha graças ao empenho de um grupo de voluntários, dos quais se destaca o médico Nabil Antaki, seu impulsionador. Todos os meses  continuamos a distribuir leite para cerca de 3 mil crianças e bebés.

→ Com apenas 5€ é possível dar 1 saco de leite em pó a 1 criança.

“Todos os meses distribuímos leite para cerca de 3 mil crianças e bebés. As necessidades crescem diariamente. Embora este seja um desafio enorme, é também um sinal de esperança. Estas pessoas precisam tanto de assistência quanto as que já fugiram do país. Este número tem agora tendência para aumentar. A ajuda continua a ser fundamental. Precisam de ajuda e de esperança! Obrigado aos benfeitores da Fundação AIS pela ajuda constante!”

  Dr. Nabil Antaki, Coordenador da campanha

Apoie esta campanha »

Não se podendo devolver a infância roubada pelos traumas da guerra é possível, no entanto, ajudar a minimizar as suas consequências. Como explica Nabil Antaki, esta campanha, assegurada pela generosidade dos benfeitores da Fundação AIS em todo o mundo, apesar de ser “um desafio enorme é também um sinal de esperança para estas crianças e para as suas famílias, que reconhecem com muita gratidão que se não fosse a vossa ajuda, não conseguiriam dar leite aos seus filhos".



Este projecto “Uma Gota de Leite” tem sido um dos mais acarinhados. É raro o dia em que não recebemos uma carta ou um telefonema de alguém a querer ajudar as crianças de Alepo ou de Homs, a querer dar leite para os meninos da Síria.

A vinda ao nosso país da Irmã Annie Demerjian, que tem sido uma verdadeira heroína junto das populações mais atingidas pela crise na Síria, ajudou também a divulgar este projecto entre os Portugueses. Perante este cenário desolador, ganha ainda mais relevo o trabalho humanitário que a Fundação AIS tem vindo a promover na Síria, permitindo que famílias mais pobres possam ter acesso a bens essenciais como leite para as crianças, alimentos, medicamentos e acesso a cuidados de saúde, produtos de higiene pessoal, roupa, alojamento, reconstrução de casas e igrejas e, inclusivamente, presentes de Natal para as crianças….

Partilhamos consigo, mais uma vez, as palavras da Irmã Annie, responsável há quase uma década pelas campanhas da Fundação AIS, nas cidades de Alepo e Damasco, que deixou recentemente para os benfeitores da Fundação AIS:


“Queridos irmãos e irmãs, aproveito esta oportunidade para dizer a todos os benfeitores da Fundação AIS que agradecemos com sinceridade toda a vossa enorme generosidade, especialmente no Natal passado porque levaram sorrisos a mais de 25 mil crianças em toda a Síria através dos presentes de Natal que ofereceram, foram mais de 25 mil blusões para as aquecer durante o Inverno rigoroso.

Estou certa de que, se depender da generosidade dos Portugueses, também a campanha “Uma Gota de Leite” irá continuar sempre a alimentar as necessidades destas crianças e bebés em Alepo e Homs. A situação está cada vez pior. Tudo está cada vez mais caro. Há cada vez mais famílias a passar fome. Apenas a cada duas horas temos uma hora de electricidade. Não há gás suficiente para cozinhar. O mundo começou a esquecer-se da Síria e isso é doloroso… Mas mesmo nos momentos mais difíceis, os benfeitores da AIS não deixaram de nos apoiar. Rezo por todos. Fazem um trabalho extraordinário! Que Deus vos abençoe sempre!”

Ir. Annie Demerjian, Congregação de Jesus e Maria




Apoie esta campanha »

A guerra apanhou as crianças sírias de surpresa. Ninguém estava à espera que o país mergulhasse numa das mais temíveis guerras dos tempos modernos, mas as crianças não faziam ideia do que iriam ter de sofrer. Durante praticamente sete anos, o dia-a-dia das crianças e dos adolescentes sírios foi marcado por explosões, bombardeamentos, rajadas de tiros, feridos, mortos. Muitas das crianças sírias não sabem o que é viver em paz, o que é brincar sem medo. O que é, afinal, ser criança.

Não podemos apagar esse passado. Não podemos apagar da memória das crianças da Síria estes anos de guerra, mas podemos ajudá-las a terem um futuro melhor. Dar-lhes uma «Gota de Leite» é o mínimo que podemos fazer.

VAMOS AJUDAR?



Comentários

Total de 3 Comentário(s)
Luísa Calvário
Que Deus vos continue a ajudar na vossa missão. Um abraço em Cristo.
RPDiana
É urgentíssimo acabar com a guerra e com o actual regime ditatorial sírio, as crianças não podem continuar a sofrer, apelo aos católicos de todo o mundo que rezem pelo fim da guerra.
Maria da Graça O Neill
Como católica sinto me envergonhada e triste por não ter apoiado mais o povo sírio nesta guerra mortífera que atirou milhares de irmãos nossos para a miséria . Vou apoiar esta campanha e dou graças a Deus por todos aqueles que no terreno tentam ajudar o mais que podem. Rezo por todos. Deus nunca dorme, um dia isto há de acabar.
Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais