Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Folha de Oração Mensal

A oração é um dos pilares fundamentais da nossa missão. Sem a força que nos vem de Deus, não seríamos capazes de ajudar os Cristãos perseguidos e que sofrem por causa da sua fé. Para os ajudar, criámos uma grande corrente de oração e distribuímos gratuitamente a Folha de Oração Sementes de Esperança, precisamente porque queremos que este movimento de oração seja cada vez maior. Por favor, ajude-nos a divulgá-la na sua paróquia, grupo de oração, família, amigos e vizinhos.

Papa Francisco
JANEIRO
Intenção de Oração do Santo Padre


Educar para a fraternidade
Rezemos para que todas as pessoas que sofrem discriminações e perseguições religiosas encontrem nas sociedades onde vivem o reconhecimento dos próprios direitos e da dignidade que nasce de ser irmãos.




O fracasso de todos os materialismos


Na antiga Grécia contava-se a história de uma esfinge, um monstro mitológico que se encontrava numa encruzilhada e que submetia os transeuntes a um acurado exame do qual dependia a sua sobrevivência, e a questão fundamental era esta: qual é o animal que de manhã anda com quatro patas, ao meio dia com duas e à noite com três? E muitos foram devorados pela esfinge até que chegou Édipo que decifrou o enigma e venceu o monstro. E a resposta era: o homem! Quando bebé, gatinha; quando adulto, desloca-se erecto e ao entardecer da vida, na velhice, ajuda-se duma bengala. A moral da história é esta: perde a sua vida quem não for capaz de decifrar o enigma da própria existência: afinal, quem sou eu? Kant, na crítica da razão pura, reduz a três as questões fundamentais: o que posso conhecer? O que devo fazer? O que posso esperar? Ao que posso conhecer, responde a ciência; ao que devo fazer, responde a ética; e ao que posso esperar, responde a religião. Temos assim três domínios fundamentais nos quais se articula a existência humana: a busca do saber, ou seja, da verdade; a busca do bem, ou seja, o sentido da acção e da liberdade; as razões da esperança, a memória e o desejo de Deus, a que responde a teologia.

Para percebermos um pouco os tempos actuais, deveríamos talvez recordar uma outra história contada na antiga Grécia. Os Atenienses ficaram surpreendidos quando viram Diógenes, o cínico, em pleno dia percorrer o fórum da cidade, com uma vela acesa na mão, a perguntar: onde está o homem?

O drama do nosso tempo, saturado de ciência e de tecnologia, é não encontrar resposta para a pergunta de Diógenes. Michel de Foucault dizia, numa das suas obras, A Palavra e as Coisas, que as ciências humanas fizeram desaparecer o homem, e, depois dele, muitos já falam no “trans-humano”, no “pós-humano”…

Agora com a teoria antropogénica da crise ecológica e das alegadas alterações climáticas, o pobre homem vive um terrível complexo de culpa, por ser considerado como único responsável por todos os males do mundo, e o cristão e a Igreja, no seu todo, são acusados de todos os males morais da história, do passado e do futuro. Tempos mais obscuros em termos de pessimismo antropológico é difícil de imaginar mais do que estes nossos nos quais vivemos…

Estas considerações sugerem-me a urgência de reavivarmos a nossa memória cristã. Em primeiro lugar, do mistério da criação que está na nossa origem: Deus criou todas as coisas para o homem; criou o homem à sua imagem e semelhança e entregou-lhe tudo para que administrasse como quisesse: “crescei, multiplicai-vos, enchei e dominai a terra!”. Sermos à imagem e semelhança de Deus é a nossa grande dignidade! Aqui está o mistério da nossa origem; foi de lá que viemos, da Palavra criadora de Deus. E para lá caminhamos. A plena alegria, a plena felicidade, que é o desejo mais profundo da alma humana, só em Deus encontra a sua plena satisfação. Já reconhecia Santo Agostinho, quando escrevia nas Confissões: “Criastes-nos para Vós, Senhor e o nosso coração só descansa quando repousar em Vós”.

O drama e o fracasso de todos os materialismos é não compreender o mistério do homem, pensar que ele fica plenamente realizado com a satisfação das suas necessidades materiais! Não devemos esquecer que a origem de todos os males se encontra no espírito do mal, em Satanás, que tenta o homem de hoje e de sempre, desde Adão e Eva, a “querer ser como Deus”, o pecado original, porque é origem e causa de todos os pecados. Neste desejo e neste pretender “ser como Deus” encontra-se a descrição clínica mais perfeita da perversão humana. Por isso, é necessário avivar a nossa memória cristã, precisamente no início deste novo ano, na atmosfera do mistério do Natal: O Verbo de Deus fez-Se homem, fez-Se o que nós somos, para nós sermos o que Ele é! Filhos amados de Deus! S. Cipriano de Cartago sabiamente dizia: “Ninguém pode ter Deus por Pai se não tiver a Igreja por Mãe”. Aqui está o fundamento da nossa fraternidade! E a razão de podermos esperar e viver o presente em Paz e na Alegria, como cantavam os Anjos na gruta de Belém, na mais extraordinária de todas as noites: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens que Deus ama!”

Pe. José Jacinto Ferreira de Farias, scj
Assistente Espiritual da Fundação AIS





RELACIONADO



Folha de Oração ONLINE

Visualize aqui em formato revista






Caso pretenda receber gratuitamente a Folha de Oração "Sementes de Esperança" em sua casa, preencha o formulário:

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

2022-01-01

Sementes de Esperança: Janeiro de 2022

RÚSSIAIGREJA ORTODOXA RUSSA E CATÓLICA: UMA RECONCILIAÇÃO Superfície17.09 milhões de km2População 143.7 milhões...

2021-12-01

Sementes de Esperança: Dezembro de 2021

TERRA SANTAOS GUARDIÃES DOS LUGARES SANTOS Há apenas 2% de cristãos na Terra Santa. Alguns permanecem por vocação ao serviço a esta...

2021-10-31

Sementes de Esperança: Novembro de 2021

NICARÁGUAUMA DITADURA CADA VEZ MAIS REPRESSIVA Superfície130.373 km2População 6.416.568 Religião Cristãos: 98,8% Agnósticos...

2021-10-01

Sementes de Esperança: Outubro de 2021

IRÃONOVO PRESIDENTE NA MIRA DOS EUA Superfície1.628.750 km2População 83.587.129 Religião Muçulmanos: 98,6%Cristãos: 0,7% Outras:...

2021-09-01

Sementes de Esperança: Setembro de 2021

NIGÉRIA2020, ANNUS HORRIBILIS Superfície924.000 km2População 206.152.701 Religião Cristãos: 46,3% Muçulmanos: 46,2%Hindus:...

2021-07-01

Sementes de Esperança: Julho-Agosto de 2021

MIANMARDEPOIS DO RUÍDO E DA FÚRIA Superfície676.577 km2População 54.808.276 Religião Budistas: 76,2%Religiões tradicionais:...

2021-06-01

Sementes de Esperança - Junho de 2021

PERUUM PAÍS EM DIFÍCIL CONVALESCENÇA Superfície1.285.216 km2População 33.312.178 Religião Cristãos: 96,5%...

2021-05-01

Sementes de Esperança - Maio 2021

SAHELDESARMAR OS CONFLITOS Burquina FasoCristãos: 23,9%Muçulmanos: 54,2%NígerCristãos: 0,4%Muçulmanos: 95,7%CamarõesCristãos:...

2021-03-30

Sementes de Esperança - Abril 2021

KOSOVOUM PRESIDENTE NA PRISÃO Treze anos após a proclamação da sua independência, a 17 de Fevereiro de 2008, o Kosovo esforça-se por...

2021-02-28

Sementes de Esperança - Março 2021

SRI LANKAUM PERDÃO CHEIO DE CORAGEM Durante a Missa de Domingo de Páscoa de 12 de Abril de 2020, um ano após os atentados que provocaram mais de 250 mortos...

2021-02-01

Sementes de Esperança - Fevereiro 2021

ARGENTINAUMA IGREJA SOLIDÁRIA COM OS MAIS DESPROVIDOS Devido à pandemia do Coronavírus que assolou a América Latina em Março de 2020, a...

2021-01-01

Sementes de Esperança - Janeiro 2021

MOÇAMBIQUEA GUERRA SILENCIOSA Cabo Delgado, situado no norte de Moçambique, há mais de três anos que é o palco de constantes ataques do...

1 2 3

Arquivo

Procure Sementes de Esperança no nosso arquivo

Proposta de Oração

Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais